sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Flashback!

Ontem revivi minha adolescência. Peguei o 7598, Anhangabaú-Parque Continental, e fui lembrando do trajeto diário que eu fazia para a escola nos idos dos 90: Corifeu, Vital Brasil, Rebouças. Descia no Eldorado e andava a pé até o colégio. Super caminhada. Depois, na volta, mesmo batidão de perna. Eu, minha irmã e toda a galerinha que também morava no Parque Continental e estudava lá no Equipe, em Pinheiros. Dependendo do dia, parecia até ônibus escolar. Às vezes íamos encontrando outros colegas pelo caminho, que viviam nos bairros ao longo da Corifeu.

De lá para cá muita coisa mudou. A Corifeu e a Vital continuam feias que até doi. A Rebouças ficou ainda mais infernal. Mas hoje existe esse tal corredor e pontos de ônibus no meio da avenida. Os ônibus melhoraram um pouquinho, mas continuam com problemas técnicos - e mais cheios que nunca.

De qualquer forma, foi muito divertido recordar aqueles tempos. Outro dia minha amiga Manu, que conheci no Equipe em 1990 (eeeeeita!), me contou que hoje em dia é muito raro os alunos irem de ônibus para a escola - ela e o marido são professores do Ensino Fundamental. Que vão todos de carro. Que os pais dessa geração atual de estudantes da rede privada são meio neurados e morrem de medo de transporte público. Achei isso bem estranho. Para mim, pegar o 7598 aos 13, 14 anos de idade simbolizava a liberdade. Talvez por isso que até hoje eu não tenha o menor medo de bater tanta perna por aí.

:o)

2 comentários:

Lili disse...

Essas crianças que tem pais neuróticos irão crescer neuróticas!!!

Ou então, nem crescer irão!!!

Qta babaquice!!!

o 7598 é dahora!

Mark disse...

Nossa! Quantas vezes não tomei ônibus com meus irmãos, quando molequinho e depois sozinho. Na minha época, nos anos 80, era o 856R Lapa... Uma lata de sardinhas...